Provavelmente já ouviu falar sobre esse fenômeno chamado Marketing de Influência. É uma indústria que está dominando as manchetes e os feeds do Instagram no mundo todo, e que em 2020, já movimentou cerca de US$ 10 bilhões.

Utilizar Influenciadores nas estratégias de marketing representou no ano passado 10% de todo valor investido em publicidade por marcas e agências brasileiras e foi impulsionado esse ano quando muitas marcas se viram “forçadas” a melhorarem sua presença digital, devido a pandemia.

Esse ano também revelou novas estrelas das redes sociais: os Micro e Nano Influenciadores. Eles chegaram com tudo, mostrando que não estão aqui para brincadeira, e muito menos, que irão embora tão cedo. E a gente aqui da PICKME tá de olho na sua influência e sua rede de seguidores leais e vamos te falar um pouco sobre eles e como eles ajudarão a alavancar sua marca.

Quem são os Micro e Nano-Influenciadores?

Na PICKME, definimos “Micro e Nano-influenciadores” como pessoas comuns, que criam conteúdos extrordinários e assim conseguiram uma rede de seguidores fiéis nas suas redes sociais. Eles têm mais de 1.500 seguidores em seu Instagram ou Facebook o que geralmente gira em torno de uma paixão ou nicho particular. Vemos vários nichos por aqui – de beleza a negócios, viagens a gamers, moda a fitness, animais a gastronomia e muito mais.

@viagemnodetalhe, @crippa_bellotto, @mingsobral e @taati.alves

Eles são sociáveis, genuínos e confiáveis – três características muito importantes quando se trata de marketing. O lançamento de uma campanha com influenciadores é efetivamente um marketing boca-a-boca, mas em uma escala sem precedentes.

Quais são os benefícios de se usar Micro e Nano-Influenciadores em suas campanhas?

1 – Seus seguidores os veem como amigos

De acordo com um estudo recente, 82% dos consumidores brasileiros são “altamente propensos” a seguir uma recomendação feita por um micro-influenciador. Por quê? Porque eles formaram um relacionamento baseado na confiança, amizade e honestidade com seus seguidores. Isto é, a palavra desses influenciadores tem tanta autenticidade quanto a de um amigo.

A gente pode até não admitir, mas todo mundo adora quando alguém reconhece um comentário que fizemos. E, como os micro-influenciadores têm menos seguidores, eles são capazes de gerenciar e interagir com seus seguidores muito mais facilmente do que alguém com milhares ou milhões.

Tudo isso sempre será uma boa notícia para uma marca que se associou a um micro-influenciador, pois sua recomendação já teve uma influência autêntica nas decisões de compra.

2 – Ad-Blocking

26% dos usuários de desktop e 15% dos usuários de celulares usam software de bloqueio de anúncios, e agora o que fazer para atingir o mesmo público e “desviar” esse bloqueio? Se ao menos houvesse outra maneira online de atingir o público que a marca quer (cof cof Did I hear ma name?).

3 – Em se tratando de budget, eles são incrivelmente melhores para sua marca

A gente não tá dizendo que investir em uma celebridade seja ruim, mas convenhamos que fica cada vez mais difícil de engolir que a Marina Ruy Barbosa usa Pantene, não é? Tudo o que realmente queremos é uma recomendação em que possamos confiar. E eu confio muito mais em uma amiga que diz que Pantene é bom para seus cabelos que na Marina. E você?

hum..sei Marina, sei…

E comercialmente também faz sentido:

Digamos que você tenha um orçamento trimestral para uma campanha de influenciador. Você poderia contratar uma grande celebridade com mais de 500 mil seguidores e obter 1 postagem, que tem um desempenho bastante bom.

Ou você pode escolher mais de 100 micro ou nano-influenciadores pelo mesmo valor. Obtendo assim um alcance maior com melhor engajamento e em uma variedade de públicos diferentes.

4 – O engajamento deles é altíssimo!

Os seguidores dos microinfluenciadores são uma comunidade altamente engajada. Sua base de fãs é composta por pessoas que genuinamente querem se envolver ativamente nas suas postagens, seja por meio de curtidas, comentários, salvamentos ou compartilhamentos.

A média de engajamento por campanha com micro influenciadores é de 1 a cada 4 pessoas, o que é relativamente alto e propício para dar retorno.

E onde eu encontro influenciadores?

As marcas interessadas em encontrar Micro influenciadores têm três opções:

1) Faça você mesmo: Reserve alguns dias para percorrer seu instagram. Faça uma lista por hashtags e DM qualquer pessoa que pareça relativamente perto de seu público e que talvez tenha um bom engajamento, torça para que boa parte visualize sua mensagem e que ao menos alguns deles a retorne;

2) Invista tempo e dinheiro em uma agência de Marketing que trabalhe com influenciadores e que fará a seleção pra você;

OU

3) Entre na PICKME, crie uma campanha, especifique o seu público-alvo e deixe os influenciadores virem até você. Tudo em poucos minutos, sem corações ou bolsos partidos.

PICKME, meu bem…

Para concluir…

Quer você seja um aspirante a influenciador, gerente de marca ou trabalhe em uma agência, estamos aqui para ajudar. Do nosso ponto de vista, a relação entre o cliente e a marca não deve ser um cenário “Nós VS eles” e sim uma relação “ganha-ganha-ganha”, onde marca, influencer e público ficam felizes.

Acreditamos que todos devemos trabalhar juntos. A PICKME tem tudo a ver com conectar potenciais clientes a marcas, e você não acreditaria como é lindo quando co-criamos algo incrível juntos.

Se você tiver mais perguntas, verifique nosso FAQ da marca aqui. Caso contrário, teste a plataforma agora mesmo!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: