O marketing de influência ganhou força nos últimos anos e deve movimentar mais de 15 bilhões de dólares em todo o mundo durante 2022. Compilamos as principais tendências que você precisa estar por dentro para surfar na onda.

Metaverso

O Metaverso se tornou a maior palavra da moda em 2022. Ele é terminologia que designa a criação de universos paralelos e virtuais que tentam replicar a realidade através de dispositivos digitais. É um espaço coletivo e virtual compartilhado, constituído pela soma de “realidade virtual”, “realidade aumentada” e “Internet”. O exemplo mais conhecido de metaverso são os games, com a crialção de ambientes e outra realidade como o GTA.

A aposta no crescimento do metaverso é tão grande que o Facebook, mudou o nome da holding para Meta, topo do guarda-chuva das marcas Facebook, Instagram e Whatsapp. Na somatória, a Meta projeta investir mais 20 bilhões de dólares nos universos virtuais.

Mas o que os influenciadores digitais têm a ver com isso? Tudo. Com as marcas de olho na inteligência artificial e como inserir sua logo dentro do metaverso, há uma maior visibilidade para criadores de conteúdo e influenciadores virtuais ligados ao metaverso.

Aumento de Influencers Esportivos para a Copa do Mundo 2022

Com a Copa do Mundo em eminência, naturalmente haverá um aumento da procura das marcas por influenciadores digitais dentro deste nicho de negócio. Se você é um influencer esportivo, é importante planejar um conteúdo relevante, que chame a atenção e engaje a sua audiência desde agora.

Métricas de performance no marketing de influência

Uma das grandes vantagens do marketing digital em relação ao offline é a facilidade de rastreio de informações e resultados. Com grandes marcas do varejo entrando no marketing de influência e social commerce, a metrificação de indicadores de performance se tornou uma forte necessidade para justificar o investimento. Com isso, você precisa oferecer no seu mídia kit ou para seus clientes, informações como:

  • Número de seguidores
  • Alcance das publicações nos últimos 30 dias (seguidores e não seguidores)
  • Taxa de interação. Média de interações por post (likes, comentários, visualizações), dividida pelo número de seguidores, vezes 100. Exemplo: 100 likes + comentários / 2.000 seguidores x 100 = 5%

Nano e microinfluencers com maior visibilidade

Se você tem de 100 a 25 mil seguidores, com uma taxa de interação maior que 3%, chegou a sua hora de brilhar. As grandes marcas já estão à procura de nano e micro influenciadores que estão no início da carreira. 

De acordo com um levantamento da consultoria Later and Fohr, os microinfluenciadores com menos de 25 mil seguidores possuem uma taxa de engajamento de 7%. Apesar do baixo número de seguidores, a taxa de interação com sua audiência é mais que o dobro da média de influenciadores em geral, que gira em torno dos 3%. 

Quer ganhar dinheiro com a sua influência digital? Cadastre-se agora na PickMe!

Quer saber mais de como se tornar um influencer?
Fique de olho no blog da Pickme, com mais dicas a qualquer momento.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: