creator economy

O mercado de influencers está passando por uma significativa transformação. Além de trabalhar com empresas, agora influencers são criadores de suas próprias marcas.

Quem já não viu por aí um influencer que fez tanto sucesso que criou sua própria marca? Nomes como Nati Vozza, Niina Secrets e Letícia Vaz comprovam que é possível empreender sendo uma influenciadora digital. Chegamos num lugar onde marcas precisam ser creators para abrir conversas honestas com suas comunidades e creators estão virando marcas e lançando produtos.

A creator economy ou economia do criador é o conceito utilizado para definir a nova fase da economia que os criadores de conteúdo são capazes de monetizar e acessar a receita de suas criações. É o surgimento de um mercado de criação de conteúdo amplo e descentralizado, que cria oportunidades de monetização dentro das comunidades. 

Estima-se que hoje 50 milhões de pessoas no mundo se consideram criadores de conteúdo, de acordo com dados levantados pela SignalFire. Ferramentas como YouTube, Instagram, Snapchat, Twitch, TikTok, Substack, Patreon e OnlyFans, permitem que creators gerem receita com propaganda, recomendações de produtos, grupos pagos e fã clubs. Além de todo o ecossistema de ferramentas de criação e edição de fotos e vídeos que facilitam este trabalho. Fazendo com que o mercado de influência ganhe robustez e escala.

Muito além de influenciadores digitais

A creator economy vai além dos influenciadores digitais. Há inúmeros autores, pesquisadores, artistas, gamers e outros produtores de conteúdo, com públicos de diferentes tamanhos e locais, que querem viver do conteúdo que produzem a partir do financiamento dos fãs e seguidores. 


Dados da Stripe revelam que a creator economy pode ter nascido nos EUA, mas o Brasil teve um dos maiores crescimentos anuais (171%) em novos criadores de conteúdo entrando neste mercado. Em outras palavras, o Brasil deve ver sua creator economy continuar a crescer exponencialmente na medida em que o público se torna cada vez mais confortável em financiar e comprar conteúdo online.

Quer saber mais? Acompanhe todas as notícias sobre o universo de marketing de influência no blog da PickMe.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: